\ Notícias em Ribeirão Preto, Ribeirão Preto - SP | O Melhor do Bairro

Notícias em O melhor do bairro de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, SP

terça-feira, 31 de julho de 2018

Estiagem prolongada requer medidas de economia de água

Estiagem prolongada requer medidas de economia de água
Após 70 dias sem chuva com precipitação próxima dos 10 milímetros, usuários devem reduzir consumo para manter equilíbrio

Fotos: Divulgação

Ribeirão Preto está há 70 dias sem chuva com precipitação próxima de 10 milímetros e a situação leva à necessidade de economia no consumo de água. Os três meses com maior demanda de água são agosto, setembro e outubro. No ano passado, o maior consumo aconteceu em setembro, com 4.977.166 metros cúbicos. Nos anos anteriores – 2015 e 2016 – o maior consumo ocorreu em outubro, com 4.702.306 metros cúbicos e 4.734.775 metros cúbicos, respectivamente.

De acordo com Lineu Andrade de Almeida, diretor técnico do Daerp, o aumento do consumo ocorre devido ao período quente e seco, quando as pessoas tendem a utilizar mais água . “Eu posso associar estas altas de consumo, com base em estatísticas dos últimos três anos, ao tempo quente e seco. Para que a gente mantenha esse consumo dentro da estabilidade, dentro da média, é necessária a colaboração dos consumidores, com uso racional da água”, afirma Lineu.

O diretor técnico defende medidas que podem levar à redução do consumo, com economia para o consumidor e segurança para o sistema de abastecimento, com a demanda pouco maior (mas não exagerada) que os demais meses. “Neste período é ideal que os banhos sejam mais rápidos, que o chuveiro seja desligado enquanto a pessoa se ensaboa, que a torneira seja fechada enquanto se escova os dentes ou se barbeia”, comenta.

Ele também recomenda que se utilize a máquina de lavar roupa ou louças com seu limite máximo, com o objetivo de bem aproveitar a água utilizada. E após a utilização da água na máquina de lavar roupa, ela deve ser utilizada para lavar pisos, principalmente em áreas externas.

Como há o período seco, as plantas precisam de água, mas é necessário que elas sejam molhadas com regadores, nunca com a mangueira. “É bom regar com parcimônia as áreas verdes. E a mangueira nunca deve ser utilizada como vassoura hidráulica. Se reduzirmos o consumo, teremos a oferta e a procura um pouco mais equilibrada nesse período seco”, alerta Lineu.

 

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Bola Bacana IV: Educando os jovens através do esporte

Bola Bacana IV: educando os jovens através do esporte 
Iniciativa atende alunos da rede estadual de ensino de Ribeirão Preto 

Fotos: Divulgação

O projeto “Bola Bacana IV” oferece aulas gratuitas de futebol e vôlei a alunos da rede estadual de ensino de Ribeirão Preto. A iniciativa tem como objetivo alinhar os conteúdos escolares e esportivos para promover o desenvolvimento coletivo, cooperativo e, prioritariamente, social do aluno.

Para Emely Lima, aluna do programa no núcleo de Ribeirão Preto, as atividades realizadas estão sendo de grande importância para ampliar seu conhecimento geral de mundo. “O Bola Bacana vem ajudando muito no meu desenvolvimento. É uma grande oportunidade para aprender as noções básicas dos esportes e, principalmente, tornar-me uma pessoa melhor”, afirma.

O projeto, que teve início em agosto do ano passado, avalia as crianças bimestralmente, de acordo com seu desempenho em notas, frequência e comportamento escolar. Caso o resultado avaliado seja positivo, os alunos recebem uma estrela, denominada “Talento”. No final de cada ano, é realizada uma cerimônia de encerramento e o recebimento destas medalhas.

O projeto

O Bola Bacana IV, promovido pela Associação Pró-Esporte e Cultura (Apec), tem como principal objetivo estimular o desenvolvimento escolar de crianças e jovens carentes através da prática e do aprendizado esportivo especializado ocupando, dessa maneira, seu tempo ocioso com a prática de atividades complementares: esportivas, recreativas, cooperativas e educativas.

O programa conta com o patrocínio do Volkswagen Financial Services, Ipiranga Agroindustrial, Savegnago, Usina da Pedra, Lima & Perg, Nutrion, Riberball, Passalacqua, Combustran, Cruzoleo, Petrocamp, Brida, Petrovale e Mariol.

Serviço
Escola beneficiada: EE Professora Rosângela Basile
Quando: toda sexta-feira
Horário: das 8h às 11h e das 14h às 17h
Local: Escola Olé Brasil Itatiaia

 

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Cava do Bosque inicia atividades da base

Cava do Bosque inicia atividades da base
Cerca de 1,5 mil crianças e adolescente voltaram às atividades do processo de formação esportiva

Fotos: FL Piton

Depois das férias de final de ano e de janeiro, cerca de 1,5 mil crianças e adolescentes voltaram com às atividades esportivas na nesta segunda-feira, dia 19 de fevereiro, na Cava do Bosque.

Todas as modalidades, como o atletismo, basquete, futebol de campo, futebol americano, futsal, ginástica, handebol, judô, karate, natação, polo aquático, tênis de mesa e vôlei, reiniciaram suas atividades.

“Nós falamos em 2017 que iríamos fortalecer a base e conduzir o alto rendimento. Hoje, quando voltaram as aulas do processo de formação esportiva, foi muito gratificante ver a Cava do Bosque cheia de crianças e adolescentes. Esse é o resultado do trabalho que a Secretaria de Esportes realizou, contribuindo não somente para a formação esportiva, desenvolvimento físico e qualidade de vida desses atletas, mas também, como consequência disso, a descoberta de grandes talentos para o esporte não só municipal, mas nacional”, disse o secretário de Esportes de Ribeirão Preto, Ricardo Aguiar.

No ano passado, depois de passar por uma reestruturação, o esporte voltou a dar alegrias aos ribeirão-pretanos. Apoiado principalmente pelo fortalecimento da base, mais de 100 conquistas esportivas vieram para a cidade.

Outro ponto importante que mostrou como o esporte voltou a dar alegrias para os ribeirão-pretanos foi a grande quantidade de participantes da Seletiva Esportiva, realizada no começo deste ano, que contou com a participação de mais de 1,5 mil inscritos, aonde 1.171 foram selecionados para compor as escolinhas da base, além das equipes de aperfeiçoamento e alto rendimento.

Formação esportiva

Para o experiente técnico Marcos Pacheco, que já venceu a Superliga de vôlei sete vezes e hoje conduz a equipe do São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, além da formação do atleta, o esporte também forma o cidadão, ao ensinar disciplina, postura e não só a prática esportiva.

“O esporte é um meio, um veículo para formarmos ótimos cidadãos. O esporte exige disciplina, cumprimento de regras e esforço. Você não pode fazer tudo o que quiser a qualquer hora, sempre tem seus limites. Isso o esporte possibilita e o professor é parte fundamental nesse processo de formação”, afirmou Pacheco.

 

sexta-feira, 01 de dezembro de 2017

Transerp realiza mais uma ação de orientação sobre a Área Azul no Aeroporto

Transerp realiza mais uma ação de orientação sobre a Área Azul no Aeroporto
Fiscalização das vagas rotativas inicia nesta sexta-feira, dia 1º de dezembro

Membros do Siga Consciente, programa de educação para o trânsito da Transerp, realizaram nesta quinta-feira, dia 30 de novembro, a última ação de orientação antes do início da fiscalização da Área Azul, nas áreas externa e interna do Aeroporto Leite Lopes.

Diversos funcionários, taxistas, passageiros e motoristas receberam o folheto que apresenta as principais regras adotadas pelo estacionamento rotativo, a exemplo do tempo, preço, horário e como fica a situação do estacionamento das motos no espaço destinado à Área Azul.

Desde o dia 16 de novembro foram implantadas 99 vagas do estacionamento rotativo no local. Nas últimas semanas, diversas ações de orientação foram realizadas por parte da Transerp, a exemplo da distribuição dos folhetos e da divulgação por meio das redes sociais.

Nesta sexta-feira, dia 1º de dezembro, os veículos considerados em situação irregular nas vagas rotativas estarão sujeitos à penalidade, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (Lei Federal nº 9.503, de 23/9/1997), considerando infração grave, com a perda de 5 pontos na CNH e multa de R$ 195,23.

Conforme já ocorre desde junho na região Central e nas avenidas Saudade, a Área Azul funcionará no Aeroporto de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e no sábado, das 9h às 13h, podendo os horários, futuramente serem expandidos.

Os usuários da Área Azul poderão comprar cartões de R$ 1,50, para uma hora, ou de R$ 3, para duas horas, sendo o limite de tempo na mesma vaga são três horas de permanência.

As motocicletas são dispensadas do pagamento da tarifa desde que sejam estacionadas nos locais estabelecidos por sinalização própria, desta forma, ficando proibidas de estacionarem entre os veículos.

Com essa nova implantação da Área Azul, Ribeirão Preto passará a contar com 1.734 vagas distribuídas entre a região Central, avenida Saudade, avenida Dom Pedro I e agora no aeroporto.

Estacionamento rotativo – A Área Azul é o meio de democratizar o espaço púbico, permitindo que todos tenham a oportunidade de estacionar o seu veículo em locais de grande movimento. A implantação da Área Azul no Leite Lopes foi baseada em um estudo de engenharia de tráfego, no qual prevê maior rotatividade das vagas.

 

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Rodovia ligando Ribeirão Preto a Bonfim Paulista

Rodovia ligando Ribeirão Preto a Bonfim Paulista

Prefeito assina ordem de serviço para execução do prolongamento da avenida João Fiúsa a Bonfim Paulista

Investimentos na ordem de R$ 3 milhões da iniciativa privada promoverão dois quilômetros de duplicação da via

Fotos: FL Piton

Empresários do setor imobiliário fecharam parceria com a Prefeitura, por meio da secretaria de Obras Públicas para realizar o prolongamento, de dois quilômetros de extensão, da avenida João Fiúsa, que chegará a Bonfim Paulista. O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, acompanhado dos responsáveis pela Monterrey Administração de Imóveis, Nicodemos Rezende e Vila Europa, assinou o Autorizo da ordem de serviço para execução das obras, na manhã desta sexta-feira, dia 25.

“Dentro de 90 dias, a população de Bonfim Paulista poderá contar com a via que dará acesso a Ribeirão Preto. Com isto, será a terceira ligação entre o distrito e a cidade que promoverá geração de renda, emprego e desenvolvimento econômico. Serão 50 empregos diretos e mais de 200 empregos indiretos gerados”, disse o chefe do Executivo.

A extensão da avenida João Fiúza até Bonfim Paulista, no trecho entre o loteamento residencial Monte Rey e divisa do loteamento Olhos D´Água terá investimentos da iniciativa privada na ordem de R$ 3.070.460,62.

Serão executados 28 mil metros quadrados de terraplanagem, 17.400 mil metros quadrados de asfalto, 3.946 metros lineares de guias e sarjetas, 2519 metros lineares de galerias, 81 bocas de lobo, 32 poços de visita e 14.500 metros quadrados de jardinagem. 

 

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | Próximo >