\ Notícias em Ponte Grande, Guarulhos - SP | O Melhor do Bairro

Notícias em O melhor do bairro de Ponte Grande, Guarulhos, SP

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Rodoanel recebe R$ 1,7 bilhão e Almeida cobra ligação metroviária com a Capital

Rodoanel recebe R$ 1,7 bilhão e Almeida cobra ligação metroviária com a Capital  

Em uma cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, na tarde desta terça-feira (13), a presidenta Dilma Roussef e o governador Geraldo Alckmin assinaram o termo de compromisso para a liberação de R$ 1,72 bilhão do Governo Federal para o trecho norte do Rodoanel. O prefeito de Guarulhos, Sebastião Almeida, participou do evento e destacou a importância da obra para a cidade, uma vez muitos caminhões deixarão de circular pelas rodovias Presidente Dutra, Airton Senna e Fernão Dias

“O Rodoanel é importante para o País, mas não podemos nos esquecer que é necessário iniciar imediatamente as obras de habitação para atender as famílias que terão suas casas atingidas pelo traçado daA presidenta Dilma Roussef participou do evento
rodovia”, destacou Almeida. A Dersa estima que mais de 2,1 mil famílias terão seus imóveis desapropriados para a realização do empreendimento. “Mas não se pode dar somente uma indenização para as famílias que vivem nas regiões atingidas. Isso apenas vai criar um novo problema”.

O novo trecho do Rodoanel terá 43 km de extensão, sendo mais da metade em Guarulhos. A obra está orçada em R$ 6,5 bilhões, dos quais R$ 1,72 bilhão sairão dos cofres do Governo Federal, R$ 2,79 bilhão do Governo do Estado e outros R$ 2 bilhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A expectativa é entregar o novo trecho até novembro de 2014.

Almeida também aproveitou a oportunidade para cobrar do governador Geraldo Alckmin uma solução para um problema antigo da cidade: a falta de uma ligação por trilhos entre Guarulhos e o metrô de São Paulo. “Com o Rodoanel, vamos resolver os problemas dos caminhões que cortam a região metropolitana. Porém, não podemos esquecer das pessoas que vivem na região metropolitana e hoje só tem como opção o carro para se locomover”, destacou.

Segundo Almeida, o Estado precisa tirar definitivamente do papel a ligação ferroviária com o Aeroporto Internacional de Guarulhos, na região de Cumbica. “Essa é uma obra que já deveria ter sido feito até antes da inauguração do aeroporto, em 1985. É um projeto que precisa começar a ser executado o mais rápido possível, inclusive, para atender a demanda de turistas que visitarão o País na Copa do Mundo e na Olimpíada”, afirmou o prefeito guarulhense.

 

fonte: Prefeitura de Guarulhos

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Investimento na área de transportes deve ser da ordem de R$ 52 bilhões até 2015


O secretário da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz), Andrea Calabi projetou perspectivas para a economia e para as finanças de São Paulo até 2015 e, entre os assuntos abordados, transporte de passageiros sobre trilhos e pneus (transportes metropolitanos e trens regionais) foram tratados como prioritários segundo apurou a reportagem do HOJE. O assunto foi discutido durante palestra no último dia 5, no Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo (Sinicesp).

Durante o evento, o secretário exemplificou investimento na ordem de pouco mais de R$ 52 bilhões em transportes de passageiros entre este ano até 2015. Entre os pontos principais do plano, estariam a as obras do trem de Guarulhos, Expresso Aeroporto, Expresso ABC Expresso Oeste-Sul e implantação do Metrô Leve Guarulhos-ABC, além da expansão e modernização das linhas do Metrô e CPTM.

O Metrô leve Guarulhos-ABC, também conhecido como Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) prevê a implantação de um corredor sobre trilhos que ligará Guarulhos a cidade de Santo André, na região do ABC paulista. A princípio a ligação deve ter 30 quilômetros de extensão. O corredor sairia da região de Bonsucesso/Cumbica, passando por bairros da Zona Leste de São Paulo, até chegar em Santo André.

fonte: Guarulhos Web

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Cadelinha atropelada por trem sobrevive e ganha cadeira de rodas na Polônia

Uma cadela de quatro meses de idade que foi abandonada em uma estrada de ferro na Polônia ganhou uma espécie de cadeira de rodas para substituir suas patas traseiras paralisadas. Ciuchcia foi abandonada em um trilho de trem e foi atropelada por um trem, segundo a equipe do abrigo para animais que acolheu a cadela.

O animal foi salvo por um condutor de trem, que levou a cadela ao abrigo. "O telefone tocou e um homem com uma voz emocionada disse que pensou ter atropleado alguns filhoes de cães que estavam no trilho", disse Maria Mrozinska do abrigo em Piotrkow Trybunalski, na Polônia. "Ele disse que acreditava que dois filhotes estavam mortos, um havia sobrevivido", disse.

A equipe de veterinários conseguiu salvar a vida da cadelinha, mas ela perdeu a mobilidade das patas traseiras. Para que ela pudesse se movimentar livremente como os outros animais, foi construído uma cadeira de rodas especial que foi presa ao animal.

Clique aqui e veja as fotos

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Pet shops deixam de vender filhotes para incentivar adoção

Duas grandes redes de pet shop do Canadá, a PJ’s Pets e a Pets Unlimited, tomaram uma decisão para lá de corajosa nos negócios: suspender a venda de filhotes de cães e gatos em todas as suas lojas. A intenção das marcas, ao abrir mão de uma das atividades mais rentáveis nas lojas de animais, é apenas uma: incentivar a adoção dos incontáveis bichinhos que, atualmente, vivem em abrigos ou mesmo nas ruas, à espera de um dono.

A nova regra imposta pelas duas companhias começará a valer em setembro e os espaços antes destinados à exposição dos filhotes serão ocupados por stands de ONGs e abrigos de animais, interessados em mostrar aos clientes fotografias dos cães e gatos disponíveis para adoção. Nas lojas maiores, também serão construídos canis, que ficarão à disposição dessas entidades.

O “cantinho da adoção” também será usado para a distribuição de panfletos de conscientização sobre a importância de adotar animais, ao invés de comprá-los. Isso porque as empresas acreditam que, apenas, deixar de vender filhotes, sem uma campanha educativa, não resolverá o problema dos “animais órfãos” – já que os clientes podem, simplesmente, sair da loja e procurar outra, na próxima esquina, para comprar os bichinhos.

A PJ’s Pets e a Pets Unlimited ainda prometeram que os cães de reprodução de seus canis particulares – bem como as ninhadas que ainda não haviam sido vendidas – também serão destinados à adoção. Além disso, as empresas farão o possível para remanejar os funcionários que trabalhavam nesses locais, evitando demissões.

Fonte: Super Interessante

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Projeto brasileiro que transforma lixo em material de construção ganha prêmio internacional

 

A competição Moradia Ideal – Colaboração para Cidades Mais Inclusivas e Sustentáveis (Sustainable Urban Housing – Collaborating For Liveable And Inclusive Cities), da Ashoka Changemarkers, organização mundial que trabalha com inovação e apoio a empreendedores sociais, recebeu inscrições de 48 países, totalizando 289 projetos.

De 11 finalistas, três foram premiados – um deles, brasileiro: Lixo Zero, Arquitetura Sustentável, Energia Renovável, dos arquitetos Márcia Macul e Sérgio Prado, fundadores da ONG Curadores da Terra.

 

A proposta é ambiciosa: reaproveitar todo tipo de lixo gerado nas cidades em Usinas Limpas, que processam resíduos orgânicos, plásticos e minerais (incluindo lodo e esgoto dos córregos e rios) e dão origem a materiais de construção, fertilizantes e energia.

 

 

 

Veja a matéria completa...

Projeto brasileiro que transforma lixo em material de construção ganha prêmio internacional.

1 | 2 | Próximo >