Wood’s esquenta a noite de Ponta Negra em Natal
- Notícias - O melhor do bairro de Praia de ponta Negra, Natal, RN

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016
      

Wood’s esquenta a noite de Ponta Negra em Natal

Quem curte a noite nos últimos anos já sabe: o sertanejo universitário é trilha sonora obrigatória de quase todos os bares e boates que investem em música ao vivo e balada. O fenômeno provou que veio pra ficar, tendo seus próprios festivais, eventos, e casas noturnas – sendo que uma delas fincou as duas botas em Natal nesta semana: a Wood’s, empresa curitibana com 11 anos de estrada, abriu sua primeira filial nordestina na capital potiguar, em Ponta Negra. A casa inaugurou quarta-feira passada, e promete mais festas na sexta e no sábado. Nem precisa de chapéu de cowboy.


Sotaque potiguar
A Wood’s natalense foi produzida nos moldes da marca original sulista, mas terá seu sotaque próprio. O espaço físico reproduz o padrão da casa: o palco ao centro, cercado pelos bares, a cabine do DJ, e uma área cercada como camarote. O visual é inspirado nos bares norte-americanos de country, com luzinhas no teto e ambientação em madeira nas paredes e no piso. Tudo devidamente estilizado, é claro. O ambiente é espaçoso e o cliente pode se movimentar com facilidade.

A música ao vivo tem uma importância central no Wood’s. Todas as quartas, sextas e sábados a casa terá duas atrações musicais por noite. A prioridade será o sertanejo. “Há anos a música sertaneja deixou de ser algo exótico para o nordestino. Hoje ela se mistura sem problema com o forró, o axé, o arrocha. Pensamos nisso como um diferencial”, afirma Dani Abreu, uma das sócias do local. Ela ressalta que, mesmo assim, a Wood’s terá noites com outros ritmos, como samba, forró, pop/rock, dance music. Serão festas temáticas, quinzenais ou mensais.

Sertanejos

O primeiro fim de semana da Wood’s em Natal já vai demarcar o território com o sertanejo. Na sexta-feira (16) o som será com a dupla Neto e Diego, diretamente de Cuiabá. Consagrados em toda região Centro-Oeste e Norte do país, os dois conquistam pela proposta de show: repertório com hits nacionais e regionais de Jorge e Mateus, Henrique e Juliano e Wesley Safadão, ao lado de clássicos do sertanejo de raiz, como Chitãozinho e Xororó. Já o paranaense Roberto Nunes fará um show mais autoral, tocando músicas de seu EP, como  “Vivendo de aparência”, “Fã do seu amor” e “Aguenta minhas loucuras”.

 

Mais uma dose
No quesito gastronômico, a Wood’ vai favorecer os apreciadores de uma boa bebida. Terá espumante, uísque, vodka, tequila, cerveja, gim, saquê, absinto, rum, caipirinhas e caipifrutas, cachaças artesanais, e uma série de drinques tradicionais, como margarita, cuba libre, cosmopolitan, mojito, pina colada, sex on the beach, entre outros. Os famosos ‘shots’ – pequenas porções num copinho pra beber de uma virada só – vão ganhar uma boa variedade de sabores no bar da casa. Para comer, tem apenas o combo snacks, com castanhas, amendoim, etc. “Sabemos que o nosso público não vem aqui para jantar, portanto, optamos por um tira-gosto básico para acompanhar as bebidas”, afirma Dani.

A Wood’s Natal é uma casa nova comandada por jovens veteranos da noite. Dani Abreu e mais os sócios Rafael, Felipe, Gabriela e Mariana Abreu (irmãos e primas) cuidaram do espaço Pepper’s Hall durante seis anos – um tempo considerável para casas noturnas. “Mas a gente queria novidade, a rotina cansa. Fomos na Wood’s de Curitiba e veio a ideia de levar aquela vibe para o Nordeste. Fomos muito bem recebidos pelos proprietários, que aceitaram nosso desafio”, conta Rafael Abreu.  A unidade de Natal é a primeira em que o Grupo Wood’s não irá atuar como sócio majoritário, mas sim como uma cessão da marca. “A parceria nos deu carta branca para ir além de Natal. A ideia é levar esse know how para outras praças do Nordeste”, ressalta Dani.

 

Entretenimento

Para Eduardo Compagnoni, um dos proprietários da marca, a Wood’s já pode chegar sem medo no Nordeste. “Não tem mais conflito de estilos musicais. Hoje somos uma empresa que vende entretenimento. O sertanejo cresceu ao ponto de virar quase uma música pop, fica à vontade em qualquer lugar. Não somos uma marca engessada e que se fecha num nicho. A Wood’s de Natal ainda vai oferecer muitas surpresas”, afirma. Segundo ele, está acontecendo uma troca musical bem saudável na música brasileira atual. “O Sul é repleto de músicos de forró. O Wesley Safadão pode ser forró, axé ou sertanejo, dependendo da festa. No geral, são músicos que estão na boca do povo”, diz.

A Wood’s não apenas serve de palco, mas também tem algumas estrelas do sertanejo como sócios. Entre eles estão Michel Teló, Marrone, e a dupla Fernando e Sorocaba. A casa noturna surgiu em 2005, em Curitiba, durante o primeiro estouro do sertanejo universitário. Os empresários pensaram num local que oferecesse uma estrutura caprichada e diferente para os jovens consumidores do gênero. Deu certo, e em 2009 já abria a primeira filial, no badalado Balneário Camboriú. O grupo está atualmente presente em dez estados.

Serviço:
Wood’s Natal. Av. Engenheiro Roberto Freire, 3071, Ponta Negra. Aberto às quartas, sextas e sábados, a partir das 22h30. Tel.: 3236-2886.