Expansão do WiFi Livre SP leva internet gratuita ao Parque Ibirapuera
- Notícias - O melhor do bairro de Moema, São Paulo, SP

terça-feira, 27 de agosto de 2019
      

Expansão do WiFi Livre SP leva internet gratuita ao Parque Ibirapuera

Prefeitura disponibiliza sinal de wifi público e de qualidade no parque mais visitado da América Latina, que celebra 65 anos nesta semana

 

A Prefeitura de São Paulo oferta, pela primeira vez, internet gratuita e de qualidade no Parque Ibirapuera, que celebra 65 anos nesta semana. A iniciativa é parte da expansão do programa WiFi Livre SP, que amplia a rede de conectividade da capital de 120 para mais de 620 pontos de acesso à internet pública, gradativamente, até 2020.
 
“É a primeira vez que os usuários podem desfrutar deste serviço em seus momentos de lazer no parque. Estamos implementando uma das maiores redes públicas de conectividade da América Latina, democratizando o acesso, promovendo a inclusão digital e levando internet a quem mais precisa”, destaca Daniel Annenberg, secretário municipal de Inovação e Tecnologia..
 
São dez pontos de acesso ao wifi espalhados pelo Parque Ibirapuera, permitindo uso livre da internet por toda a população. 
 
Sobre o programa WiFi Livre SP
 
O programa WiFi Livre SP tem como objetivo levar internet gratuita e de qualidade à população de São Paulo, fomentando a inclusão digital e a apropriação do espaço público.
 
Sua expansão irá ampliar significativamente a qualidade da rede de conectividade da capital, levando internet gratuita a quem mais precisa.
 
Os 120 pontos de wifi originalmente dispostos nas praças e parques da cidade, ao custo de cerca de R$ 12 milhões ao ano, estão sendo quintuplicados, contemplando mais de 620 localidades, como centros culturais e desportivos, bibliotecas e pontos turísticos, entre outros equipamentos públicos.
 
A medida é fruto de parceria com a empresa privada AmericaNet que, mediante credenciamento, centraliza a prestação do serviço tendo como contrapartida a veiculação de publicidade digital desonerando, assim, a administração municipal.
 
Cabe destacar que esta implantação acontece gradualmente e que o Parque Ibirapuera conta pela primeira vez com este serviço.
 

Este conteudo foi publicado originalmente em capital.sp.gov.br