Notícias em O melhor do bairro de Itapevi, Itapevi, SP

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Promotoria impugna Caramez em Itapevi

 

Ele e mais 32 são acusado de descumprimento dos requisitos da Lei da Ficha Limpa e existência de condenação criminal dentre outras alegações. 
 

O juiz da 2ª Promotoria de Justiça do Ministério Público de Itapevi, Kleber Henrique Basso, entrou, na última semana, com uma ação, na Justiça Eleitoral do município, pedindo a impugnação de 33 candidatos às eleições em Itapevi, por descumprimento dos requisitos da Lei da Ficha Limpa, existência de condenação criminal, ausência às urnas, entre outras alegações.

Dentre os impugnados estão 31 candidatos a vereador em Itapevi, além do deputado estadual e candidato a prefeito, João Caramez (PSDB), impugnado pelo Ministério Público por ter uma condenação, junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, por ato de improbidade. A decisão se refere à época em que ele foi prefeito em Itapevi, na década de 90, quando beneficiou uma empresa que fornecia alimentos para merenda escolar municipal.

Na condenação, além da perda dos direitos políticos, proibição de contratar com o poder público e pagamento de multa, Caramez foi condenado a restituir o prejuízo causado aos cofres públicos e, por isso, não cumpre os requisitos da Lei da Ficha Limpa.

O promotor de Justiça explica que, mesmo que a condenação do deputado estadual seja referente a uma prática irregular cometida há mais de 10 anos, o Supremo Tribunal Federal entendeu que a Lei da Ficha Limpa valeria igualmente para os crimes cometidos antes da data em que a legislação foi aprovada pelo Congresso, em 2010. "A Lei da Ficha Limpa abrange esse período.

O Supremo avaliou que condenações anteriores à lei também seriam consideradas", explicou Basso. Os candidatos têm até a próxima sexta-feira para apresentarem suas respectivas defesas e a Justiça Eleitoral de Itapevi deve julgar os casos até o dia 3 de agosto.

Independente do resultado do julgamento, em que o judiciário pode acatar ou não a ação movida pelo Ministério Público, tanto a Promotoria quanto os candidatos poderão recorrer da decisão e o processo passará para a segunda instância, junto ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

Na segunda instância, não há previsão para que a Corte julgue os casos e os 33 réus poderão continuar como candidatos e estão livres, inclusive, para serem eleitos sub judice, isto é, eles podem assumir os respectivos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador, sob uma apreciação judicial, por meio da qual eles aguardam que o caso seja julgado em instância máxima, no caso o Superior Tribunal de Justiça.

Caso os réus sejam condenados pelo STJ, eles perderão os cargos políticos e sofrerão as sanções estabelecidas em lei.

Caramez foi impugnado pelo Ministério Público por ter uma condenação, junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, por ato de improbidade quando, na década de 90, beneficiou uma empresa que fornecia alimentos para merenda escolar

Fonte - Webdiario

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Em Itapevi pai entrega à polícia filho suspeito de roubo de caminhão

O roubo de caminhão, no início deste mês, recheado de eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos foi a pista inicial para que a polícia chegasse a um esconderijo de cargas roubadas em uma chácara na periferia de Itapevi.

No local, agentes do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) também prenderam um suspeito, que foi entregue pelo próprio pai e será indiciado por receptação. 

Os policiais chegaram até a chácara no final da tarde da última sexta-feira. No local, encontraram fogões, geladeiras, cafeteiras, microondas e celulares, dentre outros produtos, amontoados em uma edícula e cobertos por uma lona. O caseiro, que morava no local, indicou o próprio filho como responsável pelos produtos. 

O rapaz morava em uma casa vizinha e foi detido assim que chegou à chácara. Com o flagrante, ele acabou admitindo que recebeu dinheiro e um carro para permitir que os produtos fossem depositados na chácara. 

O carro foi apreendido pela polícia, mas não há queixa de crime envolvendo o veículo. Os produtos recuperados foram devolvidos à empresa proprietária. (com R7)

Fonte: Webdiário

sábado, 04 de fevereiro de 2012

Craque da Copa de 70, Jairzinho visita Itapevi

 Nessa terça-feira (31), a prefeita de Itapevi, Dra. Ruth Banholzer, e o vice-prefeito Jaci Tadeu receberam a ilustre visita de Jair Ventura Filho, o Jairzinho, também conhecido como Furacão da Copa, um dos maiores nomes da história do futebol mundial.

Jairzinho esteve na cidade a convite do vice-presidente do Itapevi Futebol Clube, Marcelo Neres, para conhecer a infraestrutura montada pela atual administração no que diz respeito ao esporte municipal e teceu elogios aos investimentos feitos na área. O ídolo, que na Copa de 70 atuou ao lado de Pelé, Rivelino e Tostão, poderá, inclusive, treinar os futuros atletas do Itapevi F.C.  

Durante a visita ao gabinete da prefeita, Jairzinho contou um pouco de sua história profissional e recordou o período de sua infância. “Lembro-me de quando eu era criança e meus primeiros contatos com o futebol foram em peladas, jogando descalço, em ruas terra. Existem muitos talentos perdidos por aí e que só esperam uma oportunidade para ser revelados”, comentou.

Também participaram do encontro o novo gerente de futebol do Itapevi F.C., Tadachi Batista; o secretário de Negócios Internos e Jurídicos, Vicente Martins Bandeira; e a chefe de gabinete da Secretaria de Esportes e Lazer, Maria da Glória Guilherme.

Dra. Ruth apresentou ao jogador alguns números que demonstram os avanços conquistados pelo esporte municipal durante sua administração e ressaltou a importância das escolinhas de esportes promovidas gratuitamente pela Prefeitura na descoberta de inúmeros talentos. “Já revelamos importantes nomes em diversos esportes, como futebol, futsal, handebol e judô. No futebol, temos hoje um dos mais disputados campeonatos de São Paulo, atraindo aos finais de semana milhares de pessoas ao estádio municipal André Nunes Júnior”, ressaltou a prefeita.

Para o vice-prefeito Jaci Tadeu, o esporte é, de fato, uma área que tem recebido inúmeros investimentos da atual administração, visto que está intimamente ligado à educação e à cidadania. “Atualmente, temos em Itapevi cerca de 32 mil jovens com idades entre 11 e 17 anos. Somente na escolinha de futebol do CIESI (Centro de Iniciação Esportiva e Social de Itapevi), contamos com 640 adolescentes. Portanto, existe uma grande demanda por opções de esporte e lazer em nosso município e sempre que uma nova oportunidade é oferecida, a população abraça a oportunidade e participa das atividades”, afirmou Jaci.

A parceria entre a Prefeitura e o Itapevi Futebol Clube foi firmada no final de 2011. De acordo com informações da Secretaria de Esportes e Lazer, o clube disputará a série B do campeonato paulista. O acordo contempla adequações nas praças esportivas e definições de locais de treinos das categorias sub11, sub13, sub15 e sub 17, além do futebol feminino.

                                              Fonte: Itapevi Notícias

sábado, 04 de fevereiro de 2012

Defesa Civil de Itapevi intensifica serviços de atendimento à comunidade

 A Defesa Civil de Itapevi intensificou suas ações de atendimento à comunidade.

A atuação do grupamento é voltada ao serviço preventivo a acidentes com moradores e tem seu ápice nos meses chuvosos do ano – entre janeiro e abril. Entre terça (17) e quinta-feira (19), por exemplo, os profissionais da Defesa Civil atenderam um total de 55 ocorrências, entre as quais, reclamação de queda de muros e de árvores e escorregamento de terra.

“O número alto de ações nesses três dias foi fruto das intensas chuvas que atingiram a região no período. Na ocasião, o volume acumulado foi de 91,3 mm de chuva, o que corresponde à média de cerca de uma semana para o mês de janeiro”, comentou o coordenador da Defesa Civil, José Augusto Pereira. Foram registrados alagamentos em doze residências e três imóveis foram interditados pela equipe, que também vistoriou outras 17 edificações na cidade.

Vinculado à Secretaria Municipal de Segurança, a Defesa Civil de Itapevi orienta moradores quanto à ações preventivas a acidentes. O objetivo é multiplicar informações para ações preventivas por parte dos munícipes, visando o menor índice possível de acidentes com vítimas na cidade.

Os acidentes, em geral, são frutos da ocupação irregular e desordenada de áreas como beiras de rios e córregos e em encostas de morros. A falta de estrutura das casas também compromete a segurança de muitas moradias que, com as fortes chuvas que atingem a região entre os meses de novembro e março, podem ser afetadas.

De acordo com o coordenador do grupamento, cuidados básicos como não construir em margens de rios e córregos e em encostas de morros, são de conhecimento de todos, mas sempre devem ser divulgados. “Não se deixe enganar por promessas fáceis e ilusórias para obter um lote ou uma casa em morros ou áreas de risco. Os riscos de desastres são muito altos”, explica o coordenador.

http://www.itapevi.sp.gov.br/noticiasNovo/sec_seguranca/defesa_civil_risco.php

                                                                       Fonte: Itapevi Notícias

sexta-feira, 03 de fevereiro de 2012

Ações preventivas movimentam Defesa Civil de Itapevi nesta

 Preocupada com o aumento de ocorrências nesta época do ano de muitas chuvas, a Defesa Civil de Itapevi intensificou suas ações de atendimento à comunidade, voltadas principalmente ao serviço preventivo a acidentes com moradores. No final do mês de janeiro, por exemplo,

Grupamento atendeu a 55 ocorrências no final do mês de janeiro

Grupamento atendeu a 55 ocorrências no final do mês de janeiro

os profissionais da Defesa Civil atenderam um total de 55 ocorrências, entre reclamação de queda de muros e de árvores e escorregamento de terra.

 

"O número alto de ações nesses três dias foi fruto das intensas chuvas que atingiram a região no período. Na ocasião, o volume acumulado foi de 91,3 mm de chuva, o que corresponde à média de cerca de uma semana para o mês de janeiro", comentou o coordenador da Defesa Civil, José Augusto Pereira. Foram registrados alagamentos em doze residências e três imóveis foram interditados pela equipe, que também vistoriou outras 17 edificações na cidade.

Vinculado à Secretaria Municipal de Segurança, a Defesa Civil de Itapevi orienta moradores quanto às ações preventivas a acidentes visando o menor índice possível de acidentes com vítimas na cidade. Os acidentes, em geral, são frutos da ocupação irregular e desordenada de áreas como beiras de rios e córregos e em encostas de morros. A falta de estrutura das casas também compromete a segurança de muitas moradias que, com as fortes chuvas que atingem a região entre os meses de novembro e março, podem ser afetadas.

De acordo com o coordenador do grupamento, cuidados básicos como não construir em margens de rios e córregos e em encostas de morros, são de conhecimento de todos, mas sempre devem ser divulgados. "Não se deixe enganar por promessas fáceis e ilusórias para obter um lote ou uma casa em morros ou áreas de risco. Os riscos de desastres são muito altos", explicou o coordenador.

                                            Fonte: Página Zero

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | Próximo >