Notícias em O melhor do bairro de Bosque, Rio Branco, AC

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Prévia da inflação oficial fica em 1,07% em abril, diz IBGE

Economia - Prévia da inflação oficial fica em 1,07% em abril, diz IBGE ')}}OAS_PrintGLB();

17/04/2015 09h00 - Atualizado em 17/04/2015 10h10

Prévia da inflação oficial fica em 1,07% em abril, diz IBGE

Taxa de abril é a maior para o mês desde 2003, quando atingiu 1,14%.
Maior variação de preços foi vista nos gastos com habitação.

Do G1, em São Paulo

INFLAÇÃO PELO IPCA-15
em %
 
Fonte: IBGE

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial, ficou em 1,07% em abril, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em março, o índice havia chegado a 1,24%.

Apesar de a taxa ter desacelerado em relação ao mês anterior, o índice de abril é o maior para o mês desde 2003, quando atingiu 1,14%. Em 12 meses, o IPCA-15 ficou em 8,22% - a mais elevada desde janeiro de 2004. No ano, o índice acumula alta de 4,61%.

O índice desse mês foi puxado pelo aumento de preços de gastos relativos à habitação e à alimentação.

Em habitação, cuja taxa passou de 2,78% para 3,66%, a maior influência partiu do preço da energia elétrica, que subiu 13,02%, "refletindo reajustes que passaram a vigorar a partir do dia 2 de março, tanto na bandeira tarifária vigente (vermelha) - que aumentou 83,33%, ao passar de R$3,00 para R$5,50 - quanto nas tarifas, com a ocorrência de reajustes extraordinários", diz o IBGE, em nota.

Também ficaram mais caros água e esgoto (1,05%); artigos de limpeza (0,93%); condomínio (0,87%); gás de botijão (0,82%); aluguel residencial (0,74%); mão de obra pequenos reparos (0,74%).

A alta nos alimentos foi menor de um mês para outro, passando de 1,22% para 1,04%. O consumidor pagou mais pela cebola (6,72%), pelo alho (6,61%), pelos ovos (5,49%), pelo leite (4,96%), pelo tomate (4,28%) e pelo óleo de soja (3,68%).

Entre as capitais pesquisadas pelo IBGE, a região metropolitana de Curitiba apresentou a maior alta, de 1,79%, "especialmente em virtude da expressiva alta da energia elétrica (20,17%) e dos alimentos (1,64%)".

Na outra ponta está o Recife, onde os preços subiram 0,63%, puxado pela energia elétrica (0,67%).

Previsão do mercado
Depois de subir por 14 semanas seguidas, a estimativa do mercado financeiro para a inflação oficial deste ano recuou na semana passada. A previsão dos economistas, que era de 8,2% na semana anterior, passou para 8,13%, segundo o relatório Focus, divulgado nesta segunda-feira (13) pelo Banco Central.

Para 2016, a estimativa dos economistas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) ficou estável em 5,6%. O documento é fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras.

Mesmo com a queda, se confirmada, a previsão do mercado para a inflação de 2015 (de 8,13%) atingirá o maior patamar desde 2003, quando ficou em 9,3%.

Segundo economistas, a alta do dólar e dos preços administrados (como telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus, entre outros) pressionam os preços em 2015. Além disso, a inflação de serviços, impulsionada pelos ganhos reais de salários, segue elevada.

Em março, a inflação oficial ficou em 1,32%, depois de avançar 1,22% em fevereiro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa é a maior desde fevereiro de 2003, quando atingiu 1,57%, e a mais elevada desde 1995, considerando apenas o mês de março.

 

 

tópicos:
veja também
Shopping
busca de produtos compare preços de
quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Portal para os comerciantes do bairro bosque.

Os comerciantes do bairro bosque, em Rio Branco,Acre irá contar agora com um portal de anúncios, uma novo opção extremante importante para os mesmos divulgarem o que há de melhor do bairro. Poderam ser contadas história do bairro, divulgar eventos e o que tem de melhor no bairro do bosque.

TAGS mais procurados