Tenha seu próprio negócio na internet em parceria com a empresa líder em diretórios regionais no Brasil.
Torne-se um franqueado do Portal O Melhor do bairro e obtenha ótimos ganhos gerenciando este website.

Notícias em O melhor do bairro de Ouro Preto, Belo Horizonte, MG

terça-feira, 05 de março de 2013

Começa a restauração dos jardins de Burle Marx, na Pampulha

 

Os canteiros desenhados em curvas que emolduram e acompanham a arquitetura orgânica de Oscar Niemeyer (1907–2012) terão a chance de recuperar sua beleza e formas originais. Começou ontem a restauração dos jardins de Burle Marx (1909–1994) no conjunto arquitetônico da Pampulha, que trará de volta o traçado e as espécies tal como o paisagista os planejou na década de 1940. Orçado em R$ 4 milhões, o trabalho está previsto para ser concluído em dezembro e faz parte dos esforços para elevar o conjunto a Patrimônio Cultural da Humanidade, título sonhado há 17 anos. Mas a requalificação vai além e prevê também a recuperação do piso original em frente à Igreja de São Francisco de Assis e a interdição do trecho para a passagem de veículos.

Ao mesmo tempo em que os operários iniciaram a obra fora da Casa do Baile, lá dentro representantes de vários setores da Prefeitura de BH se reuniam para planejar a elaboração de um dossiê sobre a Pampulha. O documento será enviado à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e à Cultura (Unesco) em dezembro, já com o resultado da restauração, que vai incluir, além da Casa do Baile, a Igreja de São Francisco de Assis, a Casa Kubitschek, o Museu de Arte da Pampulha e a Praça Dalva Simão. “Seria impossível conquistar esse título sem a recuperação dos jardins”, afirma o presidente da Fundação Municipal de Cultura (FMC), Leônidas de Oliveira.

A revitalização tem como base o projeto paisagístico original e imagens da época da implantação. “Os jardins estão muito descaracterizados, com uma série de espécies que não estavam previstos por Burle Marx”, afirma o arquiteto, urbanista e paisagista Ricardo Lana, estudioso da obra do paisagista. Certamente, o trabalho mais delicado ocorrerá na Praça Dalva Simão, onde a vegetação cheia de contornos implantada na década de 1950 deu lugar a um gramado sem graça. “Com o abandono, os jardins entraram em um processo de degradação”, conta Lana.

Aprovada pelos patrimônio municipal, estadual e nacional, esferas de proteção do conjunto arquitetônico, o projeto de restauração prevê a reintrodução da flora original – a produção de mudas é feita pela Fundação Zoo-Botânica de BH – e a retirada de algumas árvores, que fogem do projeto original e atrapalham a visão dos prédios tombados. “Burle Marx pensou muito em uma vegetação rasteira para o conjunto e isso tem que ser resgatado”, afirma Oliveira. O presidente diz que de cada árvore arrancada serão plantadas 300.

Ao fim do trabalho, a expectativa é ter de volta o brilho do contorno moldado pelas plantas do primeiro jardim modernista da capital. “Ele traz para os jardins espécies que antes eram consideradas mato e traz para a cidade espécies rupestres antes conhecidas apenas no campo. Com Burle Marx, é possível conhecer nossa diversidade vegetal”, comenta Lana, citando espécies como cipó de são–joão, coqueiro macaúba e a taboa, comuns no projeto do paisagista. Os jardins terão placas com a explicação de cada espécie e do projeto conceitual.
 

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Buffet Infantil Castelo das Cores

 



 
 
CASTELO DAS CORES FESTAS é a mais nova e diferente casa de festas infantis de BH!​​​​​​​​​​
 
 
Esse espaço mágico e encantador nasceu de um sonho. Sonho que começou na imaginação de Fabiana, uma mãe, educadora física formada a mais de 10 anos, apaixonada pela educação infantil e seus desafios. Desafios que são mais intensos hoje, no mundo capitalista em que vivemos, onde o brincar com qualidade, tão importante para o desenvolvimento infantil tem ocupado cada vez menos espaço na vida das crianças.
 
 
Compartilhando esse sonho com Adriana, sua irmã, outra doutora em desenvolvimento infantil (também conhecida como mãe), surgiu a ideia de criar um espaço especializado em eventos infantis. Mas Apenas o conhecimento sobre o maravilhoso mundo de criança não supriria as exigências que um empreendimento desse porte pede. Então para completar essa parceria de sucesso trouxemos para o nosso projeto, Marcio, um grande empreendedor, que tem em sua bagagem mais de 15 anos de experiência na produção de eventos de grande porte em MG. E que para completar esse inicio de sucesso é um ótimo pai e esposo de Fabiana. Pronto, fechado! Nascia aí o Castelo das cores Festas!
 
 
 
Esse castelo de sonhos veio para inovar.
São 1000m2 de puro encanto, localizados na melhor região do Bairro Castelo!
Não queremos apenas preparar a sua festa, mas fazer desse dia um dia inesquecível para você e seus convidados. Pensamos em cada detalhe, para que entenda que para nós, você é especial!
 
 
A Inovação começa pela sala VIP do castelo. Esse é o espaço onde o aniversariante terá toda a estrutura necessária para estar se preparando para o grande momento, com toda privacidade e conforto.
O salão de convidados é separado, porém com vista para o salão de brinquedos. Assim os papais podem olhar as crianças se divertindo com mais conforto e segurança.
 
 
 
​Mas toda essa estrutura não para por aqui! Entendemos que brincando a criança fica alegre, vence obstáculos, desafia seus limites, despende energia, desenvolve a coordenação motora e o raciocínio lógico, adquirindo mais confiança em si e aprimorando seus conhecimentos.
Pensando nesse conceito além dos tradicionais brinquedos de festa como o kid play, cama elástica e os vídeo games, recheamos nosso espaço de atividades lúdicas e pedagógicas. Lá a criançada vai poder participar das oficinas gourmet, onde poderão colocar a mão na massa criando seus sanduiches divertidos, cup cakes e pizzas e muito mais. Também poderão literalmente pintar e bordar na oficina de arte, criando brinquedos, esculturas, dobraduras e o que mais a imaginação alcançar.
No nosso espaço externo, sua criança irá se aventurar no nosso play ground todo construído em madeira, com direito a paredes de escaladas inclinadas e ponte tibetana.
 
 
E ainda castelinho da princesa, salãozinho de beleza, contador de histórias, mágico e muito mais.
Mas aqui, não são só as crianças e adultos que tem seu lugar! Para os bebês, preparamos um berçário especial, com bercinho, cadeira de amamentação, microondas, Papinha, fraldas e material de higiene, tudo isso a inteira disposição dos convidados.
Para a galerinha de até 3 anos desenvolvemos o espaço baby, feito sob medida, todo em espuma, com atividades compatíveis a essa faixa etária, onde esses pequeninos poderão se divertir, com segurança.
Nossa equipe de monitores altamente capacitada, treinados por uma equipe de educadores físicos especializados em recreação infantil, trazendo muita brincadeira e diversão para seus convidados não importando a idade.
 
 
O castelo das cores conta a com as mais belas opções de decorações temáticas para a sua festa e ainda com a maior variedade de salgados, doces e pratos, preparados no mais alto padrão de qualidade e requinte por um dos maiores buffets de BH.
 
PARCEIROS
 
 

 

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Dcolado Adesivos Decorativos

 


 
 
Os adesivos decorativos de parede da Dcolado são recortados e/ou impressos por processo eletrônico de alta resolução/precisão e confeccionados com uma película auto-adesiva, desenvolvida para trabalhos de decoração. Eles estão disponíveis em diversas cores diferentes para você personalizá-los de acordo com seu ambiente.
 
Onde Aplicar:
 
Podem ser aplicados em superfícies planas sem porosidade e irregularidades como paredes, vidros, espelhos, azulejos, móveis ou onde mais você imaginar.
 
Veja alguns modelos:
 
 
 
 
 
Mudar a cara de um ambiente pode ser mais fácil do que você imagina: os adesivos de parede são simples de aplicar, estão disponíveis em inúmeras formas e cores e ainda garantem um toque moderno à decoração. Não perca tempo e mergulhe em nossas COLEÇÕES – uma (ou várias) delas será a transformação perfeita que dará brilho àquele cantinho apagado da sua casa. 
 
 
 
 
Somos uma loja virtual onde o intuito é levar para aos lares brasileiros cor, arte e muito bom gosto. Os nossos adesivos são de fácil aplicação, onde toda a família pode colaborar na personalização do seu próprio ambiente. Oferecemos uma ampla variedade de temas elaborados pelos nossos Designers para deixar sua casa mais bonita e moderna.
 
 
 
Presentes Decorativos   Sem juros
 
frete_gratis

 

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

UFMG abre inscrições para cursos de idiomas no campus Pampulha

 

As inscrições vão até 10 de março. Alunos de outras instituições de ensino superior também podem participar

 

Começam nesta segunda-feira e vão até 10 de março as as matrículas para os cursos de inglês, francês e espanhol do Projeto de Ensino de Línguas Estrangeiras do Centro Acadêmico de Ciências Sociais (Cacs) da UFMG.

Podem se matricular alunos e ex-alunos da UFMG e do Coltec, professores e servidores técnicos e administrativos da universidade, alunos e funcionários da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG), funcionários da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), alunos e ex-alunos de disciplinas isoladas da UFMG, e aprovados no Vestibular 2013, entre eles os que terão aulas a partir do segundo semestre deste ano. Estudantes de outras instituições de ensino superior também podem se inscrever.

O valor de cada curso é de R$ 440, à vista ou divididos em duas ou três parcelas. Os interessados devem fazer o pré-cadastro no site do Cacs. Em seguida, é necessário validar o cadastro pessoalmente na secretaria do Cacs, na sala 3.086 da Fafich, campus Pampulha, ou encaminhar identidade, CPF e comprovante de matrícula ou contracheque para o e-mail matricula@cacs.org.br. A secretaria funciona das 9h30 às 17h. Após a validação, a matrícula online deve ser feita pelo site dos cursos. Mais informações podem ser obtidas pelo endereço matricula@cacs.org.br ou pelo telefone (31) 3441-4603.

 

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

BH registra 810% mais casos de dengue em 2013

 

A capital mineira registrou 464 casos de dengue de 1º de janeiro até esta quinta-feira. O número é 810% maior do que no mesmo período de 2012, quando houve 51 casos. Os números ainda podem aumentar, pois a Secretaria municipal de Saúde de Belo Horizonte ainda aguarda o resultado de exames de 1.239 pacientes.

 

No ano passado, BH registrou 584 casos da doença. Em todo o estado, os números do governo de Minas Gerais também são alarmantes. Somente de 8 de fevereiro até hoje, foram contabilizadas 29.517 pessoas com a doença. Em janeiro e fevereiro de 2012, o número foi de 10.680. Houve, portanto, um aumento de 176%.

 

Duas vítimas do mosquito já morreram - um homem em Uberaba, no Triângulo Mineiro, e uma mulher em Buritizeiro, no Norte de Minas. No ano passado, foram 16 mortes.

 

A epidemia fez com que 54 cidades decretassem situação de emergência. Nesses locais, foram detectados mais de 300 casos para cada 100 mil habitantes. O acúmulo de água parada é o principal responsável pela proliferação. Em BH, a Regional Pampulha apresenta o número mais preocupante: 102 casos da doença. No interior, 30 municípios concentraram 75% do total de casos. Com 3.319 confirmações da doença, a cidade de Ipatinga, no Vale do Aço, é a recordista.

 

O secretário de Saúde de BH, Marcelo Teixeira, apontou três fatores para o aumento da doença: o elevado índice pluviométrico no início do ano, a circulação do vírus tipo 4 e o aumento dos casos importados, quando moradores da capital são infectadas em outros locais.

 

1 | 2 | Próximo >